top of page

Nirvana: Processo do bebê da capa de Nevermind é reaberto

A apelação de Spencer Elden trouxe de volta o caso, após a derrota em setembro de 2022.

Capa do disco Nevermind do Nirvana
Imagem: Reprodução.


Segundo informações do TMZ, os herdeiros do Nirvana e Kurt Cobain terão que enfrentar Spencer Elden novamente nos tribunais. O Tribunal de Apelações do Nono Circuito dos Estados Unidos reabriu o processo na quinta-feira (21), revertendo a decisão de um tribunal inferior ocorrida em setembro do ano passado.


O homem, que foi o bebê na icônica capa do álbum "Nevermind" (1991) aos 4 meses de idade, está processando a banda e seus representantes oficiais por danos morais e alega o uso indevido de sua imagem para promover pornografia infantil.



A sentença prévia da corte de Los Angeles, sob a autoria do juiz Fernando Olguin, indicava que Spencer demorou significativamente para apresentar suas alegações após a divulgação da obra.


No entanto, o tribunal de apelações agora determinou que o processo pode avançar devido à decisão do Nirvana de republicar a capa do álbum em 2021, durante o relançamento do "Nevermind" em sua edição de 30 anos. Essa republicação foi considerada como potencialmente causadora de novos danos a Elden, estabelecendo assim a base para a retomada do litígio.


Na ação judicial, os membros remanescentes da banda, o espólio do saudoso Kurt Cobain, o fotógrafo Kirk Weddle e empresas associadas à promoção do álbum foram incluídos como partes envolvidas. Na petição original, Spencer e seus representantes buscavam uma compensação de US$ 150 mil (equivalente a mais de R$ 730 mil na cotação atual) de cada uma dessas partes, acompanhada pela solicitação de um julgamento por júri e a imposição de uma proibição contra as alegadas "práticas ilegais" por parte dos envolvidos.



Durante o conflito anterior, os indivíduos envolvidos afirmaram em suas argumentações de defesa:


"Durante trinta anos, Elden capitalizou sua condição de figura reconhecida como o 'bebê do Nirvana'. Em diversas ocasiões, reproduziu a fotografia original em troca de compensações financeiras. Chegou a tatuar o título do álbum 'Nevermind' em seu peito, participou de um talk show onde se autoparodiou ao vestir um macacão e autografou cópias da capa do álbum para venda no eBay. Ele utilizou essa associação para interações sociais, inclusive flertando com mulheres."

52 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page