top of page

Morre o pai da cantora e compositora Phoebe Bridgers

A artista de LA já havia falado sobre o relacionamento tenso com o pai

CRÉDITO: Dave J Hogan/Getty


Phoebe Bridgers informou o falecimento do seu pai. A artista que compôs a música "Punisher", faixa- título de seu álbum de 2020, postou uma foto antiga dela com o pai, que já faleceu, no Instagram ontem (3 de janeiro). "Que descanse em paz, pai", ela legendou o post.


Bridgers, cujos pais se divorciaram quando tinha 20 anos, não revelou mais detalhes sobre o motivo de sua morte.



A artista de Los Angeles, em 2019, disse à GQ que tinha um “complicado relacionamento” com o pai e um “histórico de abuso”.


No final de 2020, a artista musical contou ao The Line Of Best Fit que começou a conversar com seu pai - que trabalhava como carpinteiro de cenários - durante o isolamento social imposto pelo COVID-19. “É estranho, mas tem sido muito bom”, disse ela.


O single 'Kyoto' de Bridgers em 2020 refere-se a um momento em que seu pai disse à artista que estava "abstendo-se", acrescentando: "Você me escreveu uma carta/ Mas eu não preciso lê-la".”


A música continua: “Eu não te perdôo/ Mas por favor não me cobre por isso/ Nascido sob o céu de Escorpião/ Eu queria ver o mundo/ Pelos seus olhos até acontecer.”


Apesar de o pai não ter conversado sobre o significado por trás da faixa, ele disse que “gostaria de assumir alguma responsabilidade” pelo seu relacionamento conturbado depois que o single foi indicado ao Grammy.



Amelia Dimoldenberg questionou recentemente Bridgers, num episódio de Chicken Shop Date, se, após a linha de Kyoto “Eu vou te matar/ Se você não me vencer”, a cantora ainda desejava matar seu pai. A artista respondeu “não”.


Bridgers descreveu seu pai como "indisponível emocionalmente, mas presente de uma maneira estranha".


58 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page