top of page

Michael Caine anuncia a aposentadoria da atuação aos 90 anos

A notícia segue o lançamento de seu novo filme The Great Escaper, no qual contracena com a falecida Glenda Jackson.

(foto de Lia Toby / Getty Images)


Sir Michael Caine confirmou oficialmente sua aposentadoria da atuação, marcando o fim de sua carreira após o lançamento de seu último filme, intitulado "The Great Escaper".


A renomada figura da atuação, que celebra 90 anos, compartilha a tela no novo filme com a saudosa Glenda Jackson, que nos deixou em junho, apenas alguns meses após o término das filmagens.



Em uma entrevista ao programa Today da BBC Radio 4, ele expressou: "Eu sempre falei sobre me aposentar. Bem, agora estou me aposentando. Eu pensei, eu tive uma experiência onde interpretei o personagem principal e recebi críticas incríveis... Como posso superar isso?"


Caine explica que a falta de papéis para atores de sua idade é um fator determinante: "Os únicos papéis que me restam agora são personagens de homens com 90 anos, talvez até 85. Eles não serão os protagonistas. Não se tem protagonistas do sexo masculino aos 90 anos, você terá homens e mulheres jovens e bonitos. Então, pensei que talvez fosse a hora de encerrar tudo isso."


Mais conhecido pelo público em geral por seus papéis em "Um Golpe à Italiana" e na trilogia "Batman: O Cavaleiro das Trevas", Caine ganhou dois Oscars, o primeiro em 1987 por "Hannah e suas Irmãs" e o segundo em 2000 por "Regras da Vida". Ele também é um colaborador frequente do diretor Christopher Nolan, tendo atuado em filmes como "A Origem", "O Grande Truque", "Dunkirk" e "Tenet".



The Great Escaper


No filme, Caine desempenha o papel de Bernie Jordan, um personagem baseado em um veterano da Segunda Guerra Mundial que escapa de sua casa de repouso para se juntar às comemorações do aniversário do Dia D na França.


O filme ainda não tem uma data de estreia no Brasil.


16 visualizações

Comments


bottom of page