top of page

Meta Lança chatbot impulsionado pela nova IA Llama 3 para Facebook, Messenger, Instagram e WhatsApp

Empresa apresenta novos recursos em seus principais aplicativos, destacando avanços em inteligência artificial e acessibilidade.

Meta Lança Chatbot impulsionado pela nova IA Llama 3
Imagem: gguy/Shutterstock


A Meta, empresa por trás de plataformas como Facebook, Messenger, Instagram e WhatsApp, continua a inovar no campo da inteligência artificial. Pouco depois do lançamento do Llama 3, uma nova IA de código aberto promissora, a empresa anunciou a integração desta tecnologia em seus principais aplicativos.


A grande novidade é a inclusão de um chatbot alimentado pelo Llama 3 nas barras de pesquisa dos aplicativos da Meta. Isso significa que os usuários poderão desfrutar de respostas mais rápidas e precisas, além de interações mais inteligentes, diretamente das plataformas que já utilizam diariamente.



Além disso, o chatbot atualizado com o Llama 3 traz outras melhorias, como geração mais rápida de imagens e acesso a resultados de pesquisas na web. A Meta também lançou um novo site dedicado ao chatbot, facilitando o acesso dos usuários a essa funcionalidade aprimorada.


Essas iniciativas demonstram os esforços contínuos da Meta para se destacar no cenário de inteligência artificial e atender às crescentes demandas dos consumidores por experiências mais avançadas e intuitivas. Mark Zuckerberg, CEO da Meta, chegou a afirmar que o Meta AI, por onde se acessa o chatbot, é possivelmente o "assistente de IA mais inteligente que você pode usar livremente", sugerindo uma vantagem sobre concorrentes como o popular ChatGPT, da OpenAI.



O Meta AI foi lançado inicialmente nos Estados Unidos no ano passado e agora está sendo expandido para mais de uma dúzia de países, incluindo Austrália, Canadá, Gana, Jamaica, Malawi, Nova Zelândia, Nigéria, Paquistão, Singapura, África do Sul, Uganda, Zâmbia e Zimbabué.


Inovação


Novas funcionalidades foram adicionadas ao chatbot da Meta, impulsionadas pelo Llama 3. Anteriormente, os usuários podiam solicitar sugestões de redação ou receitas culinárias, mas agora têm a opção de obter resultados relacionados à web fornecidos pelo Google e Bing para esses itens. Além disso, a geração de imagens foi aprimorada, permitindo aos usuários animar uma imagem ou transformá-la em um GIF de forma mais rápida.


A ferramenta de IA também mostra a modificação da imagem em tempo real enquanto o usuário digita, e a qualidade da geração de imagens melhorou consideravelmente. Enquanto muitas ferramentas de IA têm dificuldades com a ortografia, a Meta afirma que seu novo modelo apresenta melhorias nessa área.



A abordagem da empresa é disponibilizar o chatbot em diversos locais, não apenas na barra de pesquisa, mas também em chats individuais e em grupo, e até mesmo no feed de seus aplicativos. A Meta também anunciou a capacidade de fazer perguntas relacionadas às postagens no feed do Facebook, por exemplo, solicitar sugestões sobre a melhor época para visitar a Islândia ao ver uma foto da aurora boreal.



12 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page