top of page

Matt Skiba diz: "estou muito feliz com essa reunião do Blink-182 com Tom DeLonge"

"De verdade, estou muito feliz, eles são uma família novamente"

CRÉDITO: Kevin Mazur/Getty Images for iHeartMedia; Emma McIntyre/Getty Images para KROQ

Matt Skiba apareceu em suas redes sociais ontem (15), para compartilhar um post de resposta para a nota de Tom DeLonge que voltou para o Blink-182, resgatando a formação original da banda. Algo que deixou Skiba "verdadeiramente feliz".

 


 

“Tenho certeza de que há uma piada aqui sobre lançamentos e finais felizes que estou sentindo falta, mas estou realmente grato pelo meu tempo com o blink e estou realmente feliz por vocês. São uma banda e uma família novamente. 💕”



Skiba que toca no Alkaline Trio, entrou para banda em 2015, quando DeLonge resolveu dar um tempo para cuidar de seus filhos.


Você pode ver o post logo abaixo.


A origem do Blink-182 se deu na Califórnia em 1992 pelo co-vocalista/baixista Mark Hoppus e co-vocalista/guitarrista DeLonge. Sua formação clássica com Hoppus, DeLonge e o baterista Scott Raynor durou até 1998, quando Scott saiu do grupo, dando lugar para Travis Barker.

 


 

DeLonge escreveu em sua carta para Skiba após a notícia da reforma do Blink: “Oi Matt, Tom DeLonge aqui. Eu queria tirar um minuto e agradecer por tudo o que você fez para manter a banda prosperando na minha ausência. Eu acho que você é extremamente talentoso (eu ainda amo e ouço sua banda até hoje).”


Ele continuou: “Você sempre foi tão gentil comigo, não apenas na imprensa, mas também com os outros. Eu realmente notei. As emoções entre nós três sempre foram complicadas, mas o câncer de Mark realmente colocou as coisas em perspectiva. Mas, para ser honesto, a banda nem estaria aqui hoje se não fosse pela sua capacidade de entrar e salvar o dia.”

 


 


 


36 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page