top of page

Luto na literatura: Morre o ilustre escritor Paul Auster, aos 77 anos

Descanse em paz, Paul Auster!



Na noite desta terça-feira (30), o mundo literário se despede de um de seus maiores talentos, o renomado escritor Paul Auster, aos 77 anos, em Nova York. Reconhecido por suas obras que exploram as nuances da sociedade, Auster travou uma batalha contra o câncer nos últimos meses.


Nascido em Newark, Nova Jersey, em 3 de fevereiro de 1947, Auster deixou um legado impressionante na literatura contemporânea. Graduado pela Universidade de Columbia, o autor era um apaixonado pela literatura francesa e contribuiu significativamente para a tradução de renomados autores franceses para o inglês estadunidense como André Breton, Paul Éluard, Stéphane Mallarmé, Jean-Paul Sartre e Maurice Blanchot.


Inspirado por figuras como Franz Kafka, F. Scott Fitzgerald, William Faulkner, Samuel Beckett, Marcel Proust, Fiódor Dostoiévski e Ernest Hemingway, Auster escreveu mais de 30 livros, marcando sua carreira com obras memoráveis como "A Invenção da Solidão" (1982), "A Trilogia de Nova York" (1985), A Música do Acaso” (1990), “Mr. Vertigo” (1994) , “O Livro das Ilusões” (2002) , “A Noite do Oráculo” (2004) e “4 3 2 1” (2017).



Além de sua contribuição para a literatura, Auster também deixou sua marca na indústria cinematográfica, onde atuou como crítico, roteirista e diretor. Um filme famoso que teve sua direção foi O Mistério de Lulu” que tinha no seu elenco nomes como Harvey Keitel, Mira Sorvino e Willem Defoe.


Em 2022, ele enfrentou uma tragédia pessoal com a morte de seu filho mais velho, Daniel, fruto de seu primeiro casamento com Lydia Davis. Esse episódio doloroso marcou profundamente a vida do autor.


Após esse trágico acontecimento, Auster enfrentou uma série de desafios de saúde, sendo diagnosticado com câncer. A luta contra essa doença implacável foi árdua e que terminou com seu falecimento.


O legado do escritor continuará vivo através das obras que criou e das memórias que deixou em todos aqueles que tiveram o privilégio de conhecer sua arte, que é acessível e atemporal para todos amantes de literatura e arte.



Paul Auster deixa sua esposa Siri Hustvedt e a filha do casal, Sophie Auster, em uma despedida que deixa um vazio imensurável na cena literária mundial.


Descanse em paz, Paul Auster!

45 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page