top of page

Kanye West responde à reação de “White Lives Matter”: “Todo mundo sabe que isso foi uma baita farsa"

O rapper e empresário de moda soltou suas opiniões

CRÉDITO: Stephane Cardinale - Corbis/Corbis via Getty Images

Kanye West respondeu à repercussão provocada por ele usar uma camisa “White Lives Matter” esta semana, declarando: “Todo mundo sabe que Black Lives Matter foi uma farsa”.

 


 

O rapper dobrou suas opiniões, escrevendo em seu Instagram Stories hoje (4), que o movimento Black Lives Matter “era uma farsa”. Ele acrescentou: “Agora acabou… de nada”.


West usou uma camisa com a frase “White Lives Matter” estampada nas costas ontem (3 de outubro) durante a apresentação ao vivo de sua última linha de moda Yeezy. Seguiu-o fazendo sua estreia na passarela no desfile da Balenciaga na Paris Fashion Week no fim de semana.


 


 

Como a Rolling Stone apontou, a frase — uma apropriação do slogan Black Lives Matter usado para protestar contra a injustiça racial, discriminação e brutalidade policial — foi adotada por organizações supremacistas brancas nos últimos anos. É categorizado pela Liga Anti-Difamação como um slogan de ódio.


Enquanto no evento, West foi fotografado ao lado da comentarista negra conservadora Candace Owens, que tem criticado vocalmente o movimento Black Lives Matter. Ela também estava vestindo uma camisa com as palavras “White Lives Matter” nas costas.


Depois que as fotos surgiram do evento, artistas como Jaden Smith e Boosie responderam à controversa escolha de traje de West. O primeiro compartilhou uma série de tweets explicando que deixou o evento de West porque não “sentiu a mensagem”, declarando que “Black Lives Matter” e “True Leaders Lead”.


Em um tweet com palavras severas dele também, Boosie escreveu: “Depois de tudo, passamos por uma corrida, você colocou essa m*rda desrespeitosa. VOCÊ NÃO DÁ FODA PARA COMO OS NEGROS MORRRAM N SOFRERAM NAS MÃOS DO HOMEM BRANCO. NU DIGA QUE BUSH NÃO GOSTA DE NEGROS... REALMENTE 'N****'.”


West tem uma longa história de fazer declarações controversas quando se trata de política e raça nos últimos anos, particularmente em 2018. Naquele ano, ele expressou seu apoio a Donald Trump (usando publicamente o chapéu vermelho da campanha ‘Make America Great Again’ em várias ocasiões) e endossou Owens no Twitter.

 


 

58 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page