top of page

Juiz bloqueia venda de vestido clássico usado por Dorothy no filme 'O Mágico de Oz’

Atualizado: 30 de ago. de 2022


'O Mágico de Oz' - CRÉDITO: Alamy

Um juiz nos EUA bloqueou a venda de um traje clássico do filme O Mágico de Oz que seria leiloado no início desta semana (23).


O vestido xadrez azul e branco usado pela saudosa atriz Judy Garland em seu papel como Dorothy no filme, estava incluído na programação do leilão como parte de uma coleção de memorabilia de Hollywood em Los Angeles. O item foi colocado em leilão pela Universidade Católica da América após ser redescoberto em uma caixa de sapatos no ano passado na escola.


Conforme foi relatado pelo jornal The Guardian, o juiz distrital dos EUA Paul Gardephe em Manhattan “concedeu um pedido de liminar” depois que uma ação foi movida por um parente do padre Gilbert Hartke, que trabalhava na escola e recebeu o vestido em 1973.


Hartke morreu em 1986, mas sua sobrinha, Barbara Ann Hartke, entrou com uma ação contra a escola e o leiloeiro no início deste mês após ver notícias do traje em leilão nas mídias.


Ela afirma que o vestido foi dado a ele como um presente pessoal pela atriz Mercedes McCambridge.


O processo alega que a organização “não tem participação acionária no vestido, pois… não há documentação que demonstre que o falecido doou formal ou informalmente o vestido à Universidade Católica”.


Os leiloeiros, Bonhams, haviam listado uma estimativa pré-leilão de US$800.000 a US$1,2 milhão (£633.000 a £792.000) no item antes de ser retirado.


Os advogados da escola alegaram, no entanto, que, como o padre, Hartke fez um voto de “nunca aceitar presentes em sua capacidade pessoal”.


“Estamos ansiosos para apresentar nossa posição e as evidências esmagadoras que contradizem a alegação de Hartke ao tribunal no decorrer deste litígio”, diz o comunicado dos advogados da escola.

 


Tags:

19 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page