top of page

Jimmy Buffett, compositor do clássico “Margaritaville”, morre aos 76 anos

A declaração não forneceu detalhes sobre o local ou a causa do falecimento de Buffett.

Imagem Reprodução


Na sexta-feira (1º), o cantor e compositor norte-americano Jimmy Buffett, aos 76 anos, faleceu, conforme anunciado em seu perfil na plataforma X (antigo Twitter) e também por agências de notícias internacionais.


Buffett se destacou no cenário musical ao popularizar o soft rock por meio de sua icônica música "Margaritaville". Além de sua carreira musical, ele era empreendedor e proprietário de uma cadeia de restaurantes e resorts.



“Jimmy faleceu pacificamente na noite de 1º de setembro cercado por sua família, amigos, música e cães”, disse um comunicado publicado em seu site oficial.


A declaração não forneceu detalhes sobre o local ou a causa do falecimento de Buffett.


"Margaritaville", lançada em 14 de fevereiro de 1977, logo assumiu uma identidade própria. A canção retrata um indivíduo que, enquanto está em sua varanda, lamenta um amor perdido e observa os turistas aproveitando o sol.




A faixa, presente no álbum "Changes in Latitudes, Changes in Attitudes", permaneceu nas paradas da Billboard Hot 100 por 22 semanas, atingindo a 8ª posição. Além disso, em 2016, ela foi honrada com a inclusão no Grammy Hall of Fame devido ao seu significado cultural e histórico, tornando-se até um clássico para karaokê.


Em 2016, Jimmy Buffett conquistou a 13ª posição na lista da Forbes das celebridades mais ricas dos Estados Unidos, com uma fortuna estimada em US$ 550 milhões.


No Brasil, uma das músicas mais reconhecidas de Buffett é "Survive", que fez parte da trilha sonora da novela "Coração Alado" da Rede Globo, em 1980.


71 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page