top of page

Jim Root, do Slipknot, revela sua opinião sobre 'Killing In The Name' do Rage Against The Machine

"Acredito que as pessoas estão cansadas de conteúdo sociopolítico"

CRÉDITO: Getty

Jim Root, guitarrista do Slipknot, criticou o conceito da clássica canção de protesto do Rage Against The Machine, Killing In The Name’, dizendo que para ele a faixa passa uma mensagem “controvérsia”.

 


 


O single explícito e politicamente expressivo foi lançado em 1992 e aparece no álbum de estreia do RATM. Foi escrito sobre os abusos de poder e questões dentro da sociedade dos EUA.


Em 2020, o guitarrista Tom Morello disse que o canto da faixa “Foda-se, não vou fazer o que você me diz” continua sendo um “sentimento universal”, apesar de sua simplicidade. Ele também respondeu o verso sendo gritado à polícia em Portland após a morte de George Floyd. “Bem, é para isso que serve!” Morelo tuitou.


Agora, em uma entrevista ao Music Radar, Root falou sobre sua opinião em relação à faixa 'Killing In The Name' enquanto falava sobre os temas líricos do próximo sétimo álbum do Slipknot, ‘The End So Far’.


“Tudo é tão bizarro, eu nem sei o que está acontecendo com o mundo agora”, explicou Root. “Eu não poderia nem te dizer o que está acontecendo com a cultura, porque estar preso por dois anos, e então você sai e tudo está de cabeça para baixo, é realmente… eu não entendo.”

Ele continuou: “Eu pensei que rock 'n' roll, punk e metal, e todas essas coisas eram para ser anti-establishment e contra o homem, e agora parece cada dia mais, 'Obedeça!' e faça o que lhe dizem, uma merda, e isso me parece um retrocesso.

 


 


“Não sei se sou a única pessoa que se sente assim. Eu realmente não conversei com ninguém da banda sobre isso, porque estamos apenas tentando passar por essas turnês, pelo protocolo e a merda do COVID e tudo isso.”


Root continuou: “Nós realmente não verificamos um com o outro para ver como estamos, como estamos nos sentindo sobre o estado do mundo e tudo isso, mas quando eu ouço uma banda que está dizendo ' Foda-se, Eu não vou fazer o que você me diz’ me dizendo para fazer o que o governo me diz para fazer, isso me parece retrógrado.


“Eu acho que as pessoas estão cansadas de conteúdo sociopolítico porque você está simplesmente martelado com isso, não importa se é um ciclo de notícias, um feed nas mídias sociais ou qualquer outra merda.


O Slipknot deve lançar 'The End, So Far' nesta sexta-feira (30 de setembro) via Roadrunner. O álbum conta com os singles ‘The Chapeltown Rag’, ‘The Dying Song (Time To Sing)’ e ‘Yen’.

 


189 visualizações0 comentário

Yorumlar


bottom of page