"Inside Problems" é um disco que confirma a técnica e o amadurecimento do violinista Andrew Bird


Foto: Lawrence K.Ho

O violinista, cantor e compositor Andrew Bird é o tipo de músico em constante atividade, sempre inquieto. Um músico que se preocupa tanto com sua sólida discografia (que passa dos 15 discos) e também com sua atuação fora dos estúdios, isso nos diversos festivais de música que participou. Não apenas isso, muito antes de sua carreira solo, Andrew colaborou com vários grupos como o Squirrel Nut Zippers, adquirindo logo cedo uma experiência e uma perspectiva aguçada de como seria sua trajetória musical.


Chegando perto de 3 décadas em atividade, Bird foi amadurecendo com sabedoria e estratégia. Começou na música bem cedo, ainda na idade dos 24 anos, mesmo assim sentiu a necessidade de criar sua música dentro de uma dimensão muito maior que o Folk e o Chamber Pop, gêneros esses que eram os ingredientes básicos nos primeiros trabalhos do violinista.


Flertar com outros gêneros tornou-se uma obrigação a cada álbum, experimentar, ousar, gerar novas roupagens. Exemplo típico de ‘Underlands’ que abre o disco misturando num único caldeirão Folk, Jazz, Rock e o Clássico, com direito a belas orquestrações.

Nunca deixando de ser um violinista virtuoso, Bird faz do violino uma ferramenta eficaz para criar solos memoráveis que dominam a canção (‘Lone Didion’ e ‘Eight’) ou para dar uma base mais encorpada em pérolas Pop-Rock que grudam instantaneamente na mente do ouvinte (‘Make A Picture’).


As melodias do violinista geralmente são marcadas por seu assovio. Nunca falha esse processo do cantor. Exemplo de ‘Fixed Positions’ que consegue integrar o assovio junto a parte instrumental de um Folk bem arranjado. Mesmo quando as influências de Andrew se sobressaem, nada impede da sua verve criativa ficar abafada. O apelo 70’s de ‘The Night Before Your Birthday’ pega carona em Lou Reed e a composição que exibe integração coesa entre os elementos acústicos e poesia de ‘Inside Problems’ parece inspirada em Bob Dylan.


Embora seja um álbum bem moldado no Folk, “Inside Problems” mantém Andrew Bird em evidência por conta da forma nunca cansativa de estruturar letra, arranjos, vocais e gêneros dentro de sua índole musical particular, experimental e inventiva. Que o 'homem pássaro 'continue alçando seus voos, à vontade.

 

'Inside Problems'

Andrew Bird


Lançamento: 3 de junho de 2022

Gênero: Folk, Jazz, Rock

Ouça: "Make A Picture", "Underlands" e "Inside Problems"

Humor: Meditativo, agridoce e sofisticado


 

NOTA DO CRÍTICO: 8,0

 

Veja o vídeo oficial de ‘Make A Picture’:


 

Spotify:
















 

31 visualizações0 comentário