top of page

Glória Maria, renomada jornalista, morre aos 73 anos

A jornalista estava afastada do "Globo Repórter" havia mais de três meses, devido ao seu tratamento.

Foto Divulgação TV Globo.


A jornalista e apresentadora Glória Maria morreu nesta quinta-feira (2), aos 73 anos. A causa da morte dela, que estava internada com câncer, ainda não foi confirmada. Glória deixa duas filhas, Maria e Laura.


A jornalista estava afastada do "Globo Repórter" havia mais de três meses, devido ao seu tratamento. O programa final apresentado por ela foi a edição do dia 5 de agosto de 2022. Ela trabalhava no programa de televisão "Globo Repórter" há 12 anos.



Em 2019, Gloria Maria foi submetida a uma operação de urgência para retirar um tumor cerebral, que foi descoberto de forma inesperada, após uma queda. A apresentadora teve que fazer um tratamento com a radioterapia e imunoterapia, depois de passar pelo procedimento cirúrgico.


Glória Maria Matta da Silva, nascida em Vila Isabel, no Rio de Janeiro, filha do alfaiate Cosme Braga da Silva e da dona de casa Edna Alves Matta, se formou em jornalismo na Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio) e ingressou na TV Globo como rádio-escuta na editoria Rio. Mais tarde, foi contratada como repórter. Sua estreia ao vivo foi em 1971, na cobertura do desabamento do Elevado Paulo de Frontin, no Rio de Janeiro. Ela foi a primeira profissional de imprensa a aparecer ao vivo no "Jornal Nacional".



Posteriormente, ela se tornou apresentadora de programas como "RJTV", "Jornal Hoje", "Bom dia Rio" e "Fantástico". Ela apresentou esse último trabalho por um longo tempo, de 1998 a 2007, embora já fizesse parte da equipe desde 1986.

17 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page