top of page

Filme de terror do Ursinho Pooh é cancelado em Hong Kong

O personagem já é alvo de polêmicas na China há anos, apesar de não ter sido divulgado a causa do cancelamento.

Imagem Reprodução



A produtora do longa "Ursinho Pooh: Sangue e Mel", que estrearia nesta quinta nos cinemas de Hong Kong e Macau, anunciou nas redes sociais que a exibição precisou ser suspensa. O comunicado foi feito hoje de manhã. A VII Pillars Entertainment lamentou a "decepção" e a "inconveniência".


O personagem já é alvo de polêmicas na China há anos, apesar de não ter sido divulgado a causa do cancelamento. Em 2018, a censura chinesa proibiu o filme Christopher Robin — uma adaptação da história original de Pooh —, devido a memes que comparavam o presidente Xi Jinping ao ursinho.



A ideia do filme foi simplesmente adaptar o adorável Ursinho Pooh em um serial killer brutal. O filme é dirigido por Rhys Frake-Waterfield e estrelado por Amber Doig-Thorne, Maria Taylor, Danielle Scott, Danielle Ronald, Chris Cordell e Craig David Dowsett como o próprio Winnie.


Na produção de terror, o ursinho fofo e dócil é um assassino, e o Leitão é seu cúmplice. O filme apresentará os personagens em carne e osso, com uma atmosfera sombria. Na história, Pooh e seu melhor amigo, Leitão, enlouquecem e rebelam-se após serem abandonados pelo seu dono, Christopher, que vai para a faculdade. Nas primeiras imagens, Pooh e Leitão parecem atacar uma mulher na banheira.



Originalmente criado pelo autor A.A. Mile e pelo ilustrador EH Shepard em 1926, o Ursinho Pooh entrou em domínio público no início de 2022 – permitindo que qualquer pessoa usasse o personagem em mídia criativa livre de leis de direitos autorais.

19 visualizações0 comentário

Komentáře


bottom of page