top of page

"Eu não sou só isso"- Uma peça jogo para o público participar

Atualizado: 16 de set. de 2023

“Eu não sou só isso” é uma peça que deveria ser levada para escolas, para o maior número de espaços públicos e conversada em praças e pela internet.

Foto: Divulgação.

Público, o elemento indispensável para que o teatro aconteça, é convidado para ir à cena. Uma peça jogo. Quem foi pra assistir pode participar, quem está participando, também assiste enquanto participa e há quem assista quem está participando. Esse é o jogo da peça “Eu não sou só isso”, da Cia. Arthur- Arnaldo.


Em cena, um jovem, animado e carismático elenco nos conduz pela peça que é um jogo com regras e combinados, como todo jogo teatral. Uma pequena parte do público, logo ao chegar ao teatro, é convidada a participar da peça, a estar no palco e a ficar em cena durante todo o espetáculo. As pessoas se movimentam ao comando das atrizes e atores recebendo instruções mais ou menos como: “leia o que está aqui”, “Levantam-se” e coisas simples do tipo. Em outros momentos esse público participante é convidado a dar respostas, falar improvisadamente ou responder a perguntas levantando a mão ou levantando-se da cadeira.



Colocar o público em cena, mostrar diferentes formas de fazer teatro e dialogar com as pessoas presentes sobre o que está acontecendo naquele momento teatral, é o grande mérito da peça. Sabemos que a busca por uma ampliação das plateia de teatro é um caminho árduo e almejado não só por artistas, mas por educadoras, estudantes e pessoas que enxergam possibilidades de mudanças sociais por meio do teatro. grandes estudiosos como Bertolt Brecht, Augusto Boal e Viola Spolin já apontaram no sentido de, para que o público não iniciado tome gosto pelo teatro, uma das possibilidades é ensinar como o teatro funciona. Assim como no futebol, vibramos com a bola na rede porque entendemos que aquilo é o símbolo do gol é importante ensinar as regras do jogo teatral e ter públicos torcidas, vibrando por nós, artistas.


E é neste sentido que a peça dirigida por Carú Lima e Tuna Serzedello, escrita por Tuna Serzedello e no elenco Aruan Alvarenga, Carla Dionísia, Carú Lima, Dom Capelari, Marcos Paulo, Leticia Ray e Tuna Serzedello (ficha técnica completa ao final do texto) é tão importante! A peça se utiliza de expedientes didáticos para explicar, cenicamente, alguns funcionamentos básicos do teatro como a função das pessoas que estão ali e a relação entre palco e plateia. Na cena em que os monólogos são apresentados, apesar de cair um pouco o ritmo do espetáculo que começa com bastante energia e vigor, temos contato com uma dramaturgia mais poética e com encenações solos. Depois, uma cena de teatro didático, aos moldes brechtianos nos é apresentada de forma muito inteligente e criativa, apontando para possibilidades de escolhas que temos enquanto pessoas cidadãs e espectadoras de teatro.


A peça é toda um convite para ação e reflexão. Não estamos apenas sentadas assistindo uma história. Somos convidadas a pensar, analisar e, ao final da peça, a usar nosso corpo, levantado ou não das confortáveis cadeiras, para nos posicionar sobre temas em debate na sociedade atual.


“Eu não sou só isso” é uma peça que deveria ser levada para escolas, para o maior número de espaços públicos e conversada em praças e pela internet. Eu acredito muito que uma sociedade que vai ao teatro e perpassa seus pensamentos, ideias e opiniões através de um convívio poiético, que só o teatro permite, não é uma sociedade que incorre - nunca mais - em arriscar a democracia ou os direitos humanos. Vida longa ao espetáculo.



Ficha Técnica - Eu não sou só isso

Dramaturgia: Tuna Serzedello – em colaboração com Carú Lima, Carla Dionisia, Dom Capelari, Aruan Alvarenga, Leticia Ray e Marcos Paulo Elenco: Aruan Alvarenga, Carla Dionísia, Carú Lima, Dom Capelari, Marcos Paulo, Leticia Ray e Tuna Serzedello Ator stand in: Jonathan Araújo Direção: Carú Lima e Tuna Serzedello Cenografia: Frank Kitzinger Iluminação: Ana Matiê Figurinos: Thalea Tiza Trilha sonora original: Gabriel Eleutério Direção de Produção: Soledad Yunge Assistente produção: Jonathan Araújo Encontros pedagógicos: Samir Signeu e Soledad Yunge Fotos: Ana Helena Lima Realização: Cia. Arthur- Arnaldo de Teatro


SERVIÇO

Eu Não Sou Só Isso

Duração: 60 minutos

Classificação: 12 anos

.

TEATRO ARTHUR AZEVEDO

Data: 8 a 10 de setembro, na sexta e no sábado, às 21h, e, no domingo, às 19h

Endereço: Av. Paes de Barros, 955 – Alto da Mooca, São Paulo/SP




146 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page