top of page

Emocionante: irmã de Neil Peart fala sobre sua morte pela primeira vez

O renomado baterista nos deixou em 7 de janeiro de 2020.

Crédito: Ethan Miller/Getty


Mais de três anos e meio após o falecimento do baterista da banda Rush, Neil Peart, sua irmã, Nancy Peart Burkholder, compartilhou suas emoções sobre a perda.


O renomado baterista nos deixou em 7 de janeiro de 2020, depois de enfrentar corajosamente uma batalha de três anos contra um tipo agressivo de câncer cerebral conhecido como glioblastoma. Sua partida ocorreu em Santa Monica, Califórnia, quando ele tinha 67 anos. A notícia do falecimento de Peart foi comunicada pela banda três dias após o ocorrido.



Em uma entrevista recente no programa Etcetera With Kelly Barrett, Nancy refletiu sobre o falecimento de seu irmão. “Tínhamos três anos e meio para nos preparar, então sabíamos que isso aconteceria”, disse ela. “E então, quando isso aconteceu, tivemos aquela semana de silêncio no rádio em que não podíamos contar a ninguém. E então recebemos - acho que recebemos um aviso prévio de 10 minutos antes de ir ao ar para o mundo. Então tivemos 10 minutos para dizer a todos que não contamos há três anos e meio: 'Desculpe, mentimos. Não está tudo bem. Então, sim, foi muito difícil – aquela semana foi a mais difícil que passamos porque sabíamos e não podíamos compartilhar isso.”



Depois de ser questionada se os fãs e outras pessoas respeitaram a privacidade da família naquela época, Burkholder respondeu: “Oh, nossas mensagens estavam explodindo. Minha filha finalmente desligou o telefone. Ela também é musicista. Ela está no mundo [da música]. E ela realmente escreveu uma música naquela semana chamada ‘Radio Silence’ porque estávamos em silêncio no rádio.”



Ela continuou: “Tocou no 'A Night For Neil' [evento memorial realizado em outubro de 2022 no Meridian Centre em St. Catharines, Ontário, Canadá]. Foi incrível. Então, sim, foi uma semana muito surreal. Mas esses 10 minutos foram, tipo... nem me lembro para quem liguei nesses 10 minutos. Todo mundo que eu conhecia, bem, tive que mandar uma mensagem para todos de uma vez, porque sabíamos que tínhamos 10 minutos. E então, assim que um dos meus melhores amigos recebeu minha mensagem, ela estava no rádio. E então todos eles, claro, foram chamados porque todos os seus familiares conhecem a ligação e isso - a mesma coisa - estava com ele há 45 anos, tecnicamente. Então, sim, foi um choque que percorreu o mundo, isso é certo.”


No ano passado, veio à tona a revelação de que o baterista da banda Rush desejava manter em sigilo seu diagnóstico de câncer antes de seu falecimento. Durante uma participação no programa de entrevistas canadense "House Of Strombo", Geddy Lee, companheiro de banda de Peart, compartilhou:


“[Peart] não queria que ninguém soubesse [sobre sua doença]. Ele simplesmente não fez isso. Ele queria mantê-lo em casa. E nós fizemos. E isso foi difícil. Não posso dizer que foi fácil, porque não foi fácil. E isso estava em andamento. O diagnóstico dele foi… ele recebeu no máximo 18 meses, e durou três anos e meio. E então foi um fluxo constante de nós indo vê-lo, dando-lhe apoio.”


Ele prosseguiu mencionando que tanto ele quanto o guitarrista da banda Rush, Alex Lifeson, enfrentaram a necessidade de serem "menos transparentes" com os fãs, visando resguardar a privacidade de Peart.

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page