Em 'Stimuloso', Kamikaze Nurse faz da herança Shoegaze e Punk um lugar para sua sonoridade enérgica.


Foto: Dennis Ha

Kamikaze Nurse é uma banda de Vancouver formada em 2018 e que tem como integrantes: Casey Wei (guitarra e vocal), Ethan Reyes (guitarra e vocal), Sonya Eui (baixo e vocal) e John Brennan (bateria) . Em 2019, lançaram o début “Bucky Fleur”. Chegam agora ao segundo disco, “Stimuloso”.


O quarteto canadense segue por uma sonoridade que transita entre o Shoegaze e o Punk. Espere então canções enérgicas, noise, efeitos, distorções e aquela sensação inegável de ‘Do It Yourself’ (DIY).


As 10 faixas do novo álbum não deixam o ouvinte perder o fôlego. Os vocais são ágeis e gritantes, o peso dos instrumentos é dominante, sobretudo as guitarras sempre em evidência e que, geralmente, chegam como um bloco maciço e estridente (‘Stimuloso’ e ‘Work+Days’).

Mesmo que algumas faixas comecem comportadas com guitarras mais límpidas, tudo chega a um caos disforme e urgente quando o ouvinte menos esperava (‘P & O’ e ‘Come From Wood’).

Claro que não faltarão as referências e as influências nitidamente notadas ao longo do disco. ‘Pet Meds’ traz um pouco de Sonic Youth ao pensar na proposta de trabalhar com as possibilidades sonoras de uma guitarra e nos vocais bem ao estilo de Kim Deal. ‘Never Better’, faixa bem centrada no Shoegaze, traz uma mescla de My Bloody Valentine e Lush.


‘Ubobo’, certamente a faixa mais leve do disco, é quase um exercício lúdico do grupo. Os dois vocais femininos chegam recitados e há preferência para o dedilhado da guitarra e não pela fúria.

 

Stimuloso

Kamikaze Nurse


Lançamento: 3 de junho

Gênero: Shoegaze, Dream Pop e camadas Noize

Ouça: "P&O", "Come From Wood" e "Never Better"


 

NOTA DO CRÍTICO: 6,5

 

Veja o vídeo oficial de ‘Come From Wood’:


 

Spotify:
















 

23 visualizações0 comentário