top of page

Disney+ cancela As Crônicas de Spiderwick; saiba mais

Série tem uma temporada pronta.

Imagem Reprodução.


A aguardada série live-action "As Crônicas de Spiderwick", baseada na popular saga literária de Tony DiTerlizzi e Holly Black, não será mais lançada no Disney+. A plataforma de streaming optou por cancelar a produção, mesmo com todos os seis episódios da primeira temporada já finalizados, de acordo com informações divulgadas pelo Deadline.


Segundo relatos, os responsáveis pela série "As Crônicas de Spiderwick" agora estão em busca de uma nova plataforma para abrigar a produção. A Paramount Television é a principal financiadora do projeto, levando a especulações de que o serviço de streaming Paramount+ pode ser uma alternativa viável.



O cancelamento da série parece estar ligado a uma mudança de estratégia por parte do Disney+. A plataforma planeja focar seus investimentos exclusivamente em produções originais que derivam de suas próprias franquias, como Star Wars, MCU e até Percy Jackson. Isso tem gerado um redirecionamento de recursos e atenção para produções internas.


O elenco da nova adaptação "As Crônicas de Spiderwick" contaria com Christian Slater (conhecido por seu papel em "Mr. Robot") no papel do antagonista Mulgarath. Entre os jovens atores escalados para a série estavam Jack Dylan Grazer (reconhecido por seu papel em "Shazam!") e Alyvia Alyn Lind (também vista em "Chucky"). A responsabilidade de showrunner foi atribuída a Aron Eli Coleite, conhecido por seu trabalho em "Locke & Key".



Os livros originais narram a história da família Grace, composta pelos irmãos gêmeos Jared e Simon, sua irmã Mallory e a mãe Helen. À medida que eles se mudam para uma casa antiga, embarcam em uma jornada de descobertas ao desvendar um enigmático mistério ligado ao seu tio-bisavô.


Uma adaptação cinematográfica da série foi lançada anteriormente em 2008, com atuações de Freddie Highmore, Mary-Louise Parker, Martin Short e Seth Rogen. O filme encontra-se disponível para aluguel e compra em diversas plataformas como iTunes, Amazon e Google Play.



8 visualizações0 comentário
bottom of page