top of page

Depeche Mode retribui carinho dos fãs após a morte de Andy Fletcher

Martin Gore e Dave Gahan também revelaram a causa da morte do tecladista

Andy Fletcher do Depeche Mode. CRÉDITO: Francesco Prandoni/Redferns

Praticamente um mês depois da morte de Andy Fletcher, tecladista do Depeche Mode, Martin Gore e Dave Gahan retribuíram todo o carinho dos fãs após a inesperada morte do amigo de banda, eles também revelaram a causa da morte do músico.


Queríamos tirar um momento e reconhecer a demonstração de amor por Andy que vimos de todos vocês nas últimas semanas”, escreveram os membros Martin Gore e Dave Gahan no Instagram. “É incrível ver todas as suas fotos, ler suas palavras e ver o quanto Andy significou para todos vocês.”


“Como você pode imaginar, foram algumas semanas estranhas, tristes e desorientadoras para nós aqui, para dizer o mínimo”, eles acrescentaram. “Mas vimos e sentimos todo o seu amor e apoio, e sabemos que a família de Andy também.”


Na mesma postagem a banda revelou que o amigo e tecladista do Depeche Mode, morreu de causas naturais. “Há algumas semanas recebemos o resultado dos médicos legistas, que a família de Andy nos pediu para compartilhar com vocês agora. Andy sofreu uma dissecção da aorta enquanto estava em casa em 26 de maio. Então, mesmo que fosse muito, muito cedo, ele passou naturalmente e sem sofrimento prolongado”.


A dupla então contou aos fãs sobre uma “bela cerimônia” realizada para celebrar a vida de Fletcher, que contou com a presença de muitos de seus amigos e familiares e “nossa família DM imediata”.


“Tivemos uma celebração da vida de Andy em Londres na semana passada, que foi uma linda cerimônia e uma reunião com algumas lágrimas, mas cheia de ótimas lembranças de quem Andy era, histórias de todos os nossos tempos juntos e algumas boas risadas”. Eles escreveram. “Andy foi celebrado em uma sala cheia de muitos de seus amigos e familiares, nossa família DM imediata e tantas pessoas que tocaram Andy e nossas vidas ao longo dos anos. Estar todos juntos foi uma maneira muito especial de lembrar de Andy e se despedir dele.”


Para concluir eles disseram: “Então, obrigado por todo o amor que você demonstrou a Andy e sua família e amigos nas últimas semanas. Honestamente, significa o mundo para todos nós. Andy, você fará falta, mas certamente não será esquecido.”


Fletcher foi membro do Depeche Mode por mais de quatro décadas desde o lançamento de seu emblemático álbum de estreia 'Speak & Spell' em 1981. O disco incluiu sucessos no topo das paradas, como 'Dreaming Of Me' 'New Life' e 'Just Can’t Get Enough’. A banda teve seu primeiro sucesso internacional em 1984 com 'People Are People'.

 



31 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page