Crystal Eyes se equilibra entre peso e calmaria numa sonoridade que se abriga em variados gêneros.


Foto por Rebecca Reid

Atenção: existe outra banda de mesmo nome, porém da Suécia e que faz o gênero Power Metal, formada desde 1992.


Crystal Eyes é uma banda de Calgary liderada pela vocalista e guitarrista Erin Jenkins. A banda passou a ganhar bastante notoriedade em 2017, ao sair para uma turnê canadense que divulgava o álbum ‘Radical Softness’. Contando com nomes de peso como U.S. Girls, a turnê serviu como uma espécie de incentivo para as mulheres na música. Crystal Eyes também é conhecido por estar engajado com outros artistas iniciantes da cena local e de mostrar interesse em tudo que está saindo de novo no campo cultural e artístico.


‘The Sweetness Restored’, o novo álbum, foi lançado no dia 22 de Abril. Contando com participações da cantora Folk Basia Bulat e do guitarrista Scott Munro (da banda Preoccupations), é um trabalho que, de qualquer forma, marca uma nova fase na carreira do Crystal Eyes que agora assina contrato com a Bobo Integral Records, importante gravadora indie localizada em Madri.


Sem pudor de mostrar variadas influências e partindo para gêneros que se entrecruzam durante o disco (Dream-Pop, Shoegaze, Folk e Pop 60’s), o disco entrega melodias ora mais melancólicas, ora mais raivosas e enérgicas.

‘Wishes’ é uma bela maneira de abrir um álbum, passa uma boa sensação ao ouvinte, embora a melodia tenha semelhanças com ‘In Between Days’ do The Cure. Mas é o grupo transmitindo logo uma energia vibrante e Jenkins desfiando sua candura vocal, isso sem perder a maestria com a guitarra, aqui tão bem conduzida pela cantora. ‘Like A Movie’ é uma faixa que começa tímida, apenas a voz de Jenkins e uma bateria, para depois dar espaço a guitarras marcantes. Com bateria performática e guitarra dedilhada, ‘Don’t Turn Around’ se aproxima bastante de um Jangle Pop grudento.


‘I Still Believe In Love’ é uma faixa de contorno Folk, com mais ênfase nos instrumentos típicos do gênero. ‘I Still Believe In Love, Pt. 2’, em contrapartida, sai da estrutura Folk para entrar de vez num cenário Rock com direito a distorções de guitarra e Noise à la Sonic Youth. ‘2.000 Years’ é a mais pesada do álbum, a vocalista aqui troca os vocais angelicais por vocais mais gritantes. Inebriada por um clima etéreo, ‘No Heaven’ garante o bom fechamento do álbum.


Apesar da reciclagem e de várias influências descaradas, Crystal Eyes é aquela banda que pode voar mais alto, ter um reconhecimento muito além de sua cidade natal. ‘The Sweetness Restored’ é um bom indício de que a banda está em evolução e amadurecimento.

 

Crystal Eyes

'The Sweetness Restored'


Lançamento: 22 de abril de 2022

Gênero: Dream Pop, Shoegaze e Folk

Ouça: "Wishes" "Like A Movie" e "I Still Believe In Love"


 

NOTA DO CRÍTICO: 7,0

 

Ouça no Spotify:


 

O vídeo oficial de 'Wishes':


 



25 visualizações0 comentário