top of page

Com Bauhaus Staircase, OMD continua firme em sua sonoridade eletrônica que atravessa décadas

OMD não muda tanto sua fórmula, entretanto continua imponente no cenário eletrônico.

Foto: Divulgação


Orchestral Manoeuvres In The Dark, mais conhecido apenas como OMD, é um grupo inglês formado no final dos 70’s e que até hoje continua em atividade. Embora o grupo tenha passado por um momento conturbado, ligado a saídas de integrantes, nunca largou a qualidade de suas canções, embora tenham ficado sem lançar nada entre 1996 e 2010.


Liderados por Andy McCluskey, foram capazes de deixar vários hits atemporais pelo mundo todo como ‘Maid of Orleans‘, 'If You Leave’, ‘Enola Gay’, ‘So In Love, ‘Secret’, entre outros. Muitas de suas canções figuraram nas paradas inglesas por semanas.



Para muitos, o OMD é considerado como um dos grandes nomes do Synth-Pop. Entretanto, a sonoridade dos ingleses através das décadas se firmou também entre outros gêneros como New Wave 80’s e o Dance Rock, como ficou comprovado no álbum anterior intitulado “The Punishment Of Luxury” (2017).


Sem medo de esconder suas influências/similaridades como Ultravox, Gary Numan e Cabaret Voltaire, é pelo quarteto alemão Kraftwerk que os ingleses são verdadeiramente atraídos. Seja na forma de compor algumas músicas, seja na questão de expressar a relação homem-máquina em suas letras. “Bauhaus Staircase”, o novo trabalho, não faz diferente. ‘Anthropocene’ e ‘Evolution Of Species’ contém vozes robóticas e lembram um Kraftwerk fase “Eletric Cafe” (1986).

Para quem já passeou pelos discos do grupo, aqui não há contraindicações. O Synth-Pop dançante/agitado (‘Don’t Go’ e ‘Aphrodite’s Favourite Child’) ou mesmo o gênero com uma levada mais climática impondo batidas menos vibrantes não fica de fora (‘Veruschka’).



Outros destaques ficam por conta de ‘G.E.M.’ com seus sintetizadores marcantes e ‘Bauhaus Staircase’ que é uma contagiante canção sabiamente escolhida para abrir o disco. Certamente outra música que os ingleses emplacariam como hit durante os tempos das FM's.



OMD não muda tanto sua fórmula, entretanto continua imponente no cenário eletrônico, com muito fôlego e sabendo conciliar todas suas influências em canções prontas a grudarem em nossos ouvidos. Mais uma banda veterana que continua envelhecendo com maturidade e sabedoria.

 

Bauhaus Staircase

OMD


Ano: 2023

Gênero: Synth-Pop, New Wave

Ouça: "Bauhaus Staircase", "Anthropocene", "Don't Go"

Humor: Elegante, Vibrante, Sonhador

Pra quem curte: Depeche Mode, Kraftwerk


 

NOTA DO CRÍTICO: 7,5

 

Veja o vídeo oficial de ‘Bauhaus Staircase’:




31 visualizações0 comentário
bottom of page