top of page

Chris Stein, do Blondie, considera muito improvável que ele retorne a tocar com a banda

O músico enfrenta sérios problemas de saúde.

CRÉDITO: Robin Little / Redferns / Getty
CRÉDITO: Robin Little / Redferns / Getty


Chris Stein, membro do Blondie, afirmou que é "pouco provável" que retorne às performances com a banda devido a questões de saúde.


No ano passado, Stein não participou das turnês do Blondie, inclusive perdendo uma apresentação no Pyramid Stage do Glastonbury em 2023. Ao longo do set e da turnê, o ex-Sex Pistol Glen Matlock o substituiu no baixo.


Em abril de 2022, Stein comunicou aos fãs sua ausência, explicando: "É com tristeza e frustração que informo que não vou participar da próxima turnê do Blondie. Tenho lidado com uma condição chamada Fibrilação Atrial, ou AFib, que resulta em batimentos cardíacos irregulares. Combinado com os medicamentos que estou tomando, sinto-me excessivamente fatigado para enfrentar os compromissos da turnê".


"Ainda estou envolvido em gravações e outros projetos da banda. Estou bem, aqui presente, e amo todos vocês." Mais tarde, Stein recebeu o diagnóstico de câncer de próstata.



Agora, em uma recente entrevista ao The Sunday Times, Stein compartilhou que frequentemente se sente "cansado" e aceitou a possibilidade de não mais fazer turnês com a banda.


Ele expressou: "Sinto um pouco de nostalgia por tocar ao vivo, mas é um esforço significativo, e após 50 anos nisso, meio que tirei isso do meu sistema. É incerto se vou realizar mais shows neste momento."


Ele acrescentou que sentiu que seu antigo estilo de vida rock n' roll desempenhou um papel importante. “Todas essas coisas me atingiram na minha velhice. Não usem drogas, crianças, é tudo o que posso dizer. Toda aquela merda que fiz ao longo dos anos não ajudou.”



No início desta semana, em 16 de novembro, Stein divulgou informações sobre um próximo livro de memórias intitulado "Under A Rock".



Em uma recente publicação no Instagram, Stein compartilhou insights sobre a elaboração de seu próximo livro de memórias, dizendo: "OK, vamos lá. Tenho trabalhado nesse livro por dois anos e ele está programado para ser lançado em 2024."


"Quero dizer, eu gosto... eu mesmo escrevi todo o conteúdo. Há uma série de eventos estranhos que realmente aconteceram, embora pareçam inventados. Estou ansioso para que as pessoas mergulhem nele."


Descrito como um relato de memórias "sem restrições", a editora Macmillan adicionou em uma sinopse: "Debbie Harry definiu o visual da banda icônica Blondie. Chris Stein, seu parceiro de palco, amante e amigo de longa data, foi o arquiteto e responsável por moldar o som da banda."

37 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page