top of page

Brian Wilson, lendário membro dos Beach Boys, colocado sob tutela devido a distúrbio neurocognitivo

O processo de tutela teve início após documentos judiciais, apresentados pela gerente de negócios LeeAnn Hard e pelo publicitário Jean Sievers em fevereiro de 2024

Brian Wilson, Lendário Membro dos Beach Boys, Colocado sob Tutela devido a Distúrbio Neurocognitivo
foto de Scott Dudelson/Getty Images)


O renomado cantor e compositor Brian Wilson, conhecido por sua contribuição marcante ao cenário da música pop com o grupo Beach Boys, foi colocado sob tutela por um juiz, que diagnosticou o artista com um "grande distúrbio neurocognitivo", de acordo com informações do NME.


O processo de tutela teve início após documentos judiciais, apresentados pela gerente de negócios LeeAnn Hard e pelo publicitário Jean Sievers em fevereiro de 2024, revelarem que Wilson, de 81 anos, foi diagnosticado com demência e não é mais capaz de cuidar de si mesmo.


Gus T. May, juiz do tribunal superior de Los Angeles, aprovou a petição dos dois executivos, respaldada pela família e amigos próximos de Wilson. "Acho que, a partir de evidências claras e convincentes, é necessária uma tutela da pessoa," explicou o juiz. Hard e Sievers foram designados como responsáveis pela tutela.



A família do vocalista se pronunciou sobre a situação, destacando que a decisão foi tomada para garantir que não haverá mudanças drásticas na vida da família e que Wilson e as crianças que residem com ele serão cuidados e permanecerão em seu ambiente atual, com o apoio da equipe que já os auxilia há muitos anos.


Brian terá a oportunidade de passar tempo com sua família e amigos, além de prosseguir com seus projetos atuais e participar de atividades de sua escolha.

Segundo o juiz, Wilson consentiu claramente com o novo acordo e reconhece que não possui capacidade para tomar decisões relacionadas aos seus próprios cuidados de saúde. Seus filhos, Carnie e Wendy, serão consultados sobre decisões médicas e incluídos em conversas sobre a saúde do pai.


A justificativa para a tutela ressalta os "principais distúrbios neurocognitivos (incluindo demência)" de Wilson, que o tornam incapaz de atender adequadamente às suas próprias necessidades pessoais de saúde, alimentação, vestuário e abrigo.



Por fim, LeeAnn Hard e Jean Sievers expressaram sua intenção de garantir que todas as necessidades diárias de Wilson sejam atendidas e que ele receba os melhores cuidados possíveis enquanto permanece em sua residência.



62 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page