Beyoncé remove letra ofensiva do novo álbum após críticas negativas

O publicitário da cantora confirmou que a letra será removida

Crédito: Kevin Mazur/Getty Images

A estrela pop, Beyoncé anunciou através de seu publicitário que resolveu mudar a letra que usa um insulto albeista em seu novo álbum ‘Renaissance’.


Beyoncé enfrentou algumas reações negativas em relação ao uso de um termo ofensivo em uma das faixas do disco intitulada ‘Heated’, onde ela canta: “Sp...in’ on that ass sp... on that ass”, no final da música.


Embora seja usado coloquialmente nos Estados Unidos com um significado semelhante a “surtar” ou “enlouquecer”, o termo surge da palavra “espástica”, que é usada clinicamente para descrever os espasmos que algum pode experimentar de uma condição como a paralisia cerebral. O termo é frequentemente usado de forma pejorativa para descrever pessoas com deficiência, especialmente paralisia cerebral.


Agora, devido à reação negativa, o publicitário da estrela pop disse à Sky News que a letra está sendo modificada e que não foi “usada intencionalmente de maneira prejudicial”.


A instituição de caridade para a igualdade de pessoas com deficiência Scope descreveu o uso do “termo profundamente ofensivo” como “terrível”, enquanto a defensora da deficiência Hannah Diviney disse que o status da cantora como uma das musicistas mais famosas do mundo não “desculpa seu uso de linguagem capacitada”.


“Então @Beyonce usou a palavra ‘sp*** em sua nova música ‘Heated’. Parece um tapa na cara para mim, para a comunidade com deficiência e para o progresso que tentamos fazer com Lizzo”, acrescentou Diviney.


Lizzo também recebeu uma reação negativa por causa de uma letra habilidosa em seu single ‘Grrrls' há algumas semanas, que ela já se manifestou e alterou.

 

60 visualizações0 comentário