top of page

'Besouro Azul' traz cultura latino-americana e Bruna Marquezine em um bom filme de super-herói

Atualizado: 6 de set. de 2023

O longa-metragem da DC destaca-se por apresentar um elenco diversificado de atores, produtores e personagens de origem latino-americana.

Foto: Reprodução Instagram.


Você, que está lendo este texto, já ouviu falar do Besouro Azul? Ele é um herói de longa data da DC Comics. No entanto, ao contrário de nomes como Batman e Superman, que são sempre lembrados e celebrados em diversas formas artísticas, o personagem do Besouro Azul é menos conhecido e adaptado fora dos quadrinhos. Isso contribui para que muitas pessoas não o conheçam bem. Contudo, essa situação parece estar mudando, uma vez que em 2023 foi lançado o filme "Besouro Azul", estrelando Xolo Maridueña, conhecido por seu papel cativante como Miguel Diaz na emblemática série da Netflix, "Cobra Kai", e a atriz brasileira Bruna Marquezine, fazendo sua estreia em Hollywood. Apesar disso, o filme exige uma análise cuidadosa, tanto em relação às atuações quanto ao seu impacto na cultura pop e no cinema.


"Besouro Azul" conta a história de Jaime Reyes (Xolo Maridueña), um jovem mexicano recém-formado, que obtém superpoderes de um artefato alienígena azul conhecido como o Escaravelho. Nessa jornada, ele conhece Jenny Kord (Bruna Marquezine), seu interesse amoroso, e também somos apresentados à sua família, além da presença de personagens como Conrad Carapax (Raoul Trujillo) e Victoria Kord (Susan Sarandon), que lutam para controlar esse artefato poderoso.



É importante ressaltar que existem diversos heróis que permanecem desconhecidos para muitas pessoas, apesar de alguns terem sido adaptados para o cinema e se tornarem verdadeiros "cults" por diversos motivos. Exemplos positivos de adaptações cinematográficas desse universo de heróis menos conhecidos são "Flash Gordon" (filme de 1980) e "Barbarella" (filme de 1968).


Besouro Azul era um desses personagens obscuros. Podemos também conjecturar que sua criação e inspiração talvez se devam ao sucesso de "Guardiões da Galáxia", um grupo de heróis da Marvel que era pouco conhecido fora das histórias em quadrinhos e que ganhou enorme popularidade com sua adaptação para os filmes do MCU, incluindo três filmes notáveis. O filme da Warner, no entanto, difere por ser genérico e, por vezes, monótono, apesar de seus momentos positivos.



O longa-metragem da DC destaca-se por apresentar um elenco diversificado de atores, produtores e personagens de origem latino-americana, o que é uma conquista louvável, ao mesmo tempo que dá destaque às performances de Xolo Maridueña e Bruna Marquezine, que demonstram segurança e serenidade.


A direção de Angel Manuel Soto e o roteiro de Gareth Dunnet-Alcocer, entretanto, parecem desconexos e repletos de estereótipos desnecessários, o que prejudica a dinâmica e a imersão em algumas cenas. Se não fossem esses detalhes, o filme teria sido excelente e teria deixado uma impressão positiva sobre as futuras produções de super-heróis da DC. No entanto, essas questões deixam dúvidas quanto ao potencial desse universo cinematográfico.


Susan Sarandon, uma das únicas pessoas no elenco sem origens latino-americanas, entrega uma atuação arrastada. É uma pena, pois ela é uma atriz respeitável e admirada na indústria cinematográfica em geral. No entanto, sua interpretação parece simplista e poderia ter sido mais dramática.



Em resumo, excluindo Xolo Maridueña e Bruna Marquezine, que entregaram performances excelentes, "Besouro Azul" é um filme bom, que não traz nada realmente memorável. Não apresenta elementos únicos e seu enredo não se diferencia muito do que já foi produzido. No entanto, a produção acerta em destacar os talentos de Xolo e Marquezine, deixando a curiosidade sobre o futuro dos filmes de super-heróis da DC e como eles serão desenvolvidos de maneira mais atraente, evitando a monotonia e a fadiga do público. Infelizmente, essa produção conseguiu fazer isso apenas com seu casal protagonista.

 

Besouro Azul

Blue Beetle


Lançamento: 17 de agosto de 2023

Gênero: Ação, Aventura, Ficção Cientifica

Direção: Angel Manuel Soto

Roteiro: Gareth Dunnet-Alcocer

Elenco: Xolo Maridueña, Bruna Marquezine, Raoul Trujillo, Susan Sarandon

Classificação: 14 anos

Duração: 127 min


 

Nota do crítico: 6,5

 

Trailer:




130 visualizações0 comentário
bottom of page