top of page

Bebê Rena: Fiona Harvey quer processar 'todos que mentiram sobre ela'

Fiona Harvey, supostamente a inspiração para a vilã Martha (Jessica Gunning) em Bebê Rena, fez críticas a Richard Gadd e à Netflix

Cena da série Bebê Rena
(Netflix/Divulgação)


Após o lançamento da série Bebê Rena na Netflix, espectadores rapidamente começaram a investigar a identidade real por trás da personagem Martha, interpretada por Jessica Gunning. Isso levou a uma polêmica envolvendo Fiona Harvey, que afirmou ser a inspiração não autorizada para a personagem e ameaça processar a Netflix e o criador da produção, Richard Gadd.


Richard Gadd, o criador da série, ainda não confirmou se Martha é baseada em Fiona Harvey, mas Harvey divulgou um comunicado revelando que está tomando medidas legais contra a plataforma de streaming. "No início de 2024, a Netflix lançou um programa chamado 'Bebê Rena', que anunciaram e comercializaram como uma 'história verdadeira'. Um dos dois personagens principais, ‘Martha,’ foi claramente concebida para ser baseada em mim," escreveu Fiona Harvey, segundo o NME.



Harvey apontou que um executivo sênior da Netflix testemunhou ao parlamento, sob juramento, que Bebê Rena era uma "história verdadeira" das negociações de Richard Gadd com uma "perseguidora condenada". Harvey contesta veementemente essas alegações, afirmando: "Não tenho dúvidas de que a personagem 'Martha' em 'Bebê Rena' pretendia ser um retrato meu. O problema para Richard Gadd e agora para a Netflix é que 'Bebê Rena' não é uma história verdadeira. Não sou uma ‘perseguidora condenada.’ Nunca fui acusada de qualquer crime, muito menos fui condenada, muito menos me declarei culpada e, claro, nunca fui presa por nada."



Harvey criticou a forma como foi retratada sem sua permissão, o que causou danos significativos à sua saúde, reputação e oportunidades de emprego. "A tempestade mediática em torno de 'Bebê Rena' e a minha rápida identificação como a ‘verdadeira Martha’ causaram danos incalculáveis à minha saúde, à minha reputação, às minhas perspectivas de emprego e à minha capacidade de tomar decisões sensatas sobre o meu bem-estar e os meus melhores interesses," explicou ela.



Harvey está atualmente montando uma equipe jurídica tanto no Reino Unido quanto nos EUA para processar aqueles que, segundo ela, "mentiram sobre mim e usaram minha imagem para fazer grandes somas de dinheiro para si próprios, com consequências tão prejudiciais para mim e para a minha família."





15 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page