top of page

As últimas palavras de John Lennon são reveladas na nova série documental; saiba mais

“Eu o virei de costas, tirei os óculos e coloquei-os sobre a mesa. E Yoko estava gritando: 'Chame uma ambulância, chame uma ambulância."

O ex-Beatle John Lennon chega ao estúdio de gravação 'The Hit Factory' da Times Square antes de uma sessão de gravação de seu último álbum 'Double Fanasy' em agosto de 1980 na cidade de Nova York, Nova York.
(Foto de Vinnie Zuffante/Getty Images)


O concierge que servia na recepção do edifício onde o ex- beatle, John Lennon, foi baleado revelou as últimas palavras proferidas pelo músico.


Na mais recente série de documentários da Apple TV+, intitulada John Lennon: Murder Without a Trial, que explora o assassinato de Lennon por um fã chamado Mark David Chapman em 8 de dezembro de 1980, foram compartilhados detalhes sobre o momento em que o cantor de 'Beautiful Boy' foi atingido por tiros e o que ele expressou brevemente após o ocorrido.



Jay Hastings trabalhava como concierge na recepção do edifício Dakota, no Upper West Side, em Manhattan, Nova York, onde Lennon e sua família moravam e onde ele foi baleado. Ele relembrou no documentário: “Ele passa correndo por mim. Ele disse: 'Levei um tiro'. Ele tinha sangue saindo da boca. Ele simplesmente desabou no chão.”


Ele continuou: “Eu o virei de costas, tirei os óculos e coloquei-os sobre a mesa. E Yoko estava gritando: 'Chame uma ambulância, chame uma ambulância, chame uma ambulância'”.


Outra pessoa que prestou depoimento no documentário foi Richard Peterson, um motorista de táxi que estava dentro de seu veículo estacionado em frente ao edifício e testemunhou o momento em que John Lennon foi fatalmente alvejado por tiros.



“Lennon estava entrando e um garoto disse: 'John Lennon'. Ele era um cara corpulento. Estou olhando para ele pela janela da frente do meu táxi. Estou olhando para ele, atire nele. Esse cara acabou de atirar em John Lennon”, disse Peterson.


Ele acrescentou: “Achei que eles estavam fazendo um filme, mas não vi nenhuma luz, câmera ou qualquer coisa, então percebi: ‘ei, isso não é um filme’”.


John Lennon: Murder Without a Trial está programado para estrear em 6 de dezembro na Apple TV +. Não só investigará o famoso assassinato, mas também explorará muitas das teorias da conspiração que surgiram desde a morte do guitarrista dos Beatles.


Conforme divulgado em um comunicado à imprensa, a trilogia documental revelará "informações impactantes sobre o trágico assassinato de Lennon". Além disso, incluirá entrevistas com alguns dos amigos mais íntimos de Lennon, assim como advogados de defesa, psiquiatras, detetives e os promotores envolvidos no caso de Chapman.


Veja o trailer:




33 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page