top of page

A bala atravessou o crânio de Mingau, segundo boletim médico

A equipe médica diz que músico luta pela vida.

Imagem Reprodução.


A equipe médica que está cuidando de Rinaldo Oliveira Amaral, também conhecido como Mingau, declarou que uma bala atravessou o crânio do músico. O Hospital São Luiz do Itaim, parte da Rede D'Or, conduziu uma conferência de imprensa ontem, terça-feira (5), para fornecer detalhes sobre o estado de saúde de Mingau.


Segundo o neurocirurgião Manuel Jacobsen, "O projétil entrou na caixa craniana na parte frontal esquerda e não ficou alojado no crânio; provavelmente atravessou completamente, perdendo-se no ambiente onde ocorreu o acidente."


Uma bala atravessou o cérebro do músico e saiu do corpo dele. Conforme explicou, "Não foi encontrado nenhum resíduo do projétil dentro do crânio; trata-se de uma bala que entrou e saiu, apresentando um orifício de entrada e um de saída [...] Não foram identificados resíduos do projétil dentro do crânio".



Mingau recebeu atendimento no domingo (3). Como explicou a equipe médica, "Realizamos os exames clínicos e apropriados para a situação, incluindo exames de imagem abrangendo todo o corpo. Devido ao traumatismo craniano, ele foi encaminhado para cirurgia, com o objetivo de prevenir infecções e remover possíveis coágulos formados no tecido afetado. Todas as intervenções seguiram rigorosamente as normas e técnicas adequadas. Atualmente, encontra-se em uma unidade de terapia intensiva neurológica. A necessidade de cirurgias futuras será avaliada conforme a evolução do quadro, pois na UTI são realizados exames contínuos e avaliações médicas."


De acordo com o Dr. Manoel Jacobsen Teixeira, é fundamental que o tecido cerebral responda de maneira positiva ao traumatismo: "Atualmente, é desafiador prever um prognóstico devido à complexidade das condições biológicas. A cirurgia realizada é parte do processo agudo, e o paciente está sob observação. Se houver necessidade, uma nova cirurgia será realizada. O cirurgião cuida da intervenção, enquanto a unidade de terapia intensiva monitora as condições biológicas após a cirurgia."


O ideal é que o Mingau fosse atendido na cidade do acidente. Quando mais precoce o atendimento, melhor. Nós recebemos as informações [de outros hospitais] e organizamos as informações.Dr. Manoel Jacobsen Teixeira

Segundo o Dr. Fernando Sogayar, diretor médico, a transferência do músico ocorreu conforme o planejado: "Qualquer transferência de um hospital para outro envolve certos riscos. No entanto, conseguimos estabilizá-lo e o transporte foi realizado de maneira apropriada. Todos os procedimentos foram conduzidos de forma correta, assegurando uma transferência segura."

22 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page